Diferenças entre tipos de Whey Protein - Bertolini
(11) 2615-1435
atendimento@clinicabertolini.com.br

Diferenças entre tipos de Whey Protein

Quando falamos em suplementos para melhorar a performance e obter melhores resultados, logo pensamos no whey protein, temos que ficar atento as diferenças entre eles , pois existem varias marcas e diferenças importantes a serem consideradas como, presença ou não de carboidrato, tempo de absorção, etc. Essas diferenças podem influenciar diretamente no seu resultado, a seguir um resumo dos diferentes tipos de Whey:

Concentrado: possui componentes bioativos que aceleram o anabolismo, ou seja, o processo de recuperação pelo fornecimento de proteínas é mais acelerado. Ótimo para acompanhar seus alimentos preferidos ricos em carboidratos, sendo mais utilizado como aditivo alimentar, devido a seu baixo custo e processo de fabricação.

Isolado: é a forma mais pura de whey, contendo cerca de 90% ou mais de proteína em sua composição. Além disso, a maioria dos wheys isolados é isenta de gordura e com menos de 1% de lactose, sendo o mais indicado para os portadores de intolerância à lactose. Possui todas as vitaminas e minerais do leite, além de todos os aminoácidos essenciais, não essenciais e condicionalmente essenciais. Sua digestão é considerada ótima e é recomendado especialmente para logo após acordar e depois de malhar ou praticar exercícios intensos.

Hidrolisado: possui as cadeias de proteínas quebradas em menores segmentos, os peptídeos, tornando-o mais fácil e rápido de ser digerido. Nesse caso, a proteína tem maior velocidade de absorção entre todos os wheys assimilados no músculo, alcançando até 92% das proteínas no processo de extração do soro. É um tipo de proteína com menores possibilidades de causar reações alérgicas. Pode conter traços de gordura, carboidratos, gordura e minerais, ideal para ser usado logo após o treino.

Microfiltrado: conhecido também como lactoalbumina, é a mais completa fonte de proteínas existente. É a mais tradicional forma de whey, obtida através da proteína do soro do leite, com um perfil de vários aminoácidos essenciais, sendo que tem em grande parte os oito aminoácidos essenciais que não são produzidos pelo organismo e devem provir da dieta. Este whey é rico também em aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs), sendo a maior fonte de BCAAs existente entre os alimentos.

Isolado Ion Exchange: esta proteína isolada é extraída através de um processo chamado de troca iônica, que permite que se alcance 95% das proteínas. Ela é de alto valor biológico (High – VB), e seu processo de extração lhe dá o maior aporte de proteínas nobres concentradas, com um teor extremamente baixo em gorduras e carboidratos.